Trump favorito no Nevada

As eleições primárias e ‘caucus’ do Nevada dos republicanos dos EUA acontecem esta semana num modelo de duplo sistema, sendo já praticamente certo que todos os 26 delegados irão para o cada vez mais favorito Donald Trump.

O Noticias ao Minuto lembra que esta terça-feira, o Partido Republicano inaugura na eleição primária no estado do Nevada um modelo definido por uma regra de 2021 para a escolha de candidato presidencial sempre que exista mais do que um nome no boletim de voto.

O partido viu os tribunais reconhecerem a sua defesa do modelo de ‘caucus’ (de escolha presencial e mais informal), mas não a abolição do modelo das primárias (que permitem outras formas de participação, nomeadamente o voto por correspondência).

Além do duplo sistema de escolha, não ficou definido como o partido distribui os delegados, o que permitiu à fação dominante no estado, que apoia o ex-Presidente Donald Trump, conseguir que os delegados continuem a ser escolhidos por um ‘caucus’.

Ora, nesse ‘caucus’, que se realiza na próxima quinta-feira, Trump vai concorrer apenas contra o quase desconhecido pastor do Texas Ryan Binkley, deixando a sua principal rival interna, a ex-embaixadora Nikki Haley sozinha no boletim de voto das primárias de terça-feira.

Desta forma, é já seguro dizer que os 26 delegados ficarão do lado de Trump, que leva já uma significativa vantagem nas primárias republicanas, depois de ter vencido no ‘caucus’ do Iowa e nas primárias de New Hampshire.

Neste arranque das primárias republicanas, Trump não apenas tem ficado em primeiro lugar na contagem de votos, mas conseguiu ainda que dois dos principais adversários internos (o governador Ron DeSantis e o empresário Vivek Ramaswamy) tenham abandonado a corrida eleitoral dando-lhe apoio expresso, engrossando a lista de aliados num trajeto que parece imparável.

Alguns setores do Partido Republicano já se queixaram de que Trump está a aproveitar ilicitamente uma falha nas regras, para conseguir uma vitória fácil, que deixa Haley ainda mais debilitada nesta corrida para a escolha do candidato republicano às eleições de novembro.

Contudo, os apoiantes do ex-Presidente lembram que Trump não precisava de nenhum esquema menos lícito para ganhar no Nevada, recordando que em 2016 ele já tinha vencido os ‘caucus’ deste estado contra dois fortes candidatos, Marco Rubio (da Florida) e Ted Cruz (do Texas).

Além disso, os apoiantes de Trump desafiam mesmo os analistas a olharem com atenção para o resultado das primárias de terça-feira, avisando que, mesmo apesar de aparecer sozinha nos boletins de voto, Haley pode não as conseguir vencer.

A explicação está no facto de os eleitores republicanos terem uma opção de escolha que diz “nenhum destes candidatos” e setores influentes do partido estão a encorajar os participantes a colocar a cruz nesse quadrado.

Na terça-feira, os democratas também realizam as suas primárias no Nevada, iniciando assim formalmente a sua corrida interna, após um pedido do Presidente e recandidato Joe Biden para alteração do calendário eleitoral do partido.

Biden deverá vencer com facilidade perante dois adversários que têm revelado fraco desempenho nas sondagens, o congressista Dean Philips, e a ativista Marianne Williamson.

Um adversário que poderia causar alguma preocupação a Biden, o ativista Robert F. Kennedy Jr., decidiu abandonar as primárias democratas e candidatar-se à Casa Branca como independente.

(Visited 5 times, 1 visits today)

You might be interested in