Novos encontros entre Trump e Putin seriam bons “para todo o mundo”

A chanceler alemã, Angela Merkel, manifestou-se esta sexta-feira satisfeita com a retomada das reuniões entre os Presidentes dos EUA e Rússia e considerou positivo que Donald Trump convide Vladimir Putin aos EUA.

“Alegro-me com cada encontro (…) em que exista diálogo e, em particular entre esses dois países. É bom para todo o mundo. O facto de nenhum Presidente russo ter visitado os Estados Unidos da América desde 2005, penso que não deve ser a normalidade”, declarou, na conferência de imprensa de verão que antecede o período de férias, citada pela agência de notícias AFP.

A chanceler terá defendido que os encontros deveriam tornar-se regulares e normais.

A conferência de imprensa é uma oportunidade para os alemães discutirem políticas internas – depois de uma crise e com membros do governo a ameaçarem demitir-se devido a posições sobre a imigração – e negócios estrangeiros.

A Rússia mostra-se recetiva a uma nova cimeira com os EUA, proposta por Donald Trump no Twitter.

“A cimeira com a Rússia foi um grande êxito (…). Estou desejoso [de realizar] o nosso segundo encontro para que possamos começar a aplicar algumas das muitas coisas discutidas”, escreveu Trump na quinta-feira.

No mesmo dia, Vladimir Putin reiterou que a cimeira foi um “sucesso” e que o encontro iniciou o caminho para uma mudança positiva.

O embaixador russo nos Estados Unidos, declarou hoje que a Rússia está pronta para discutir uma possível visita de Vladimir Putin a Washington.

EYL // FPA

Lusa/Fim

(Visited 68 times, 1 visits today)

You might be interested in