Condenado à morte nos EUA por matar ex-mulher e filhos da namorada

O homem alegou que vítimas estavam possuídas e os três foram “marcados” para morrer para que pudesse ficar com a nova namorada [mãe de duas das vítimas] “livre de obstáculos”.

Um homem foi condenado à pena de morte após ter sido considerado culpado, na quinta-feira, pelos homicídios da sua primeira mulher e de dois filhos da namorada, no estado do Idaho, Estados Unidos. 

Segundo a estação norte-americana ABC News, foram necessários dois dias para que o júri de um tribunal do Idaho conseguisse chegar a uma decisão.

Segundo o Notícias ao Minuto, no final das deliberações, o homem foi considerado culpado de todas as acusações, que incluíam três crimes de homicídio em primeiro grau, conspiração, fraude e roubo.

Os homicídios remontam a 2019 e em causa, segundo os procuradores norte-americanos, esteve uma conspiração para conseguir “dinheiro, poder e posse”.

(Visited 7 times, 1 visits today)

You might be interested in