Atirador do Texas tem 33 anos e está a ser investigado por ligações a supremacia branca

O atirador que matou no sábado oito pessoas num centro comercial no Texas é um homem de 33 anos que estava hospedado num motel próximo, segundo as autoridades, que estão a investigar eventuais ligações à ideologia da supremacia branca.

No sábado à tarde, um homem armado abriu fogo num centro comercial da zona de Dallas, no Texas, matando oito pessoas e ferindo várias outras antes de ser alvejado mortalmente pela polícia.

Três polícias, que falaram com a Associated Press (AP) sob anonimato, identificaram o atirador como Mauricio Garcia.

Um deles adiantou que os investigadores estão a vasculhar o motel e uma casa na área de Dallas ligada ao suspeito.

A mesma fonte disse à AP que foram encontradas múltiplas armas no local, depois de Garcia ter sido alvejado mortalmente.

As autoridades estão também a investigar possíveis vínculos com a ideologia da supremacia branca, de acordo com fontes próximas da investigação citadas pelo The Wall Street Journal.

O atacante matou oito pessoas e feriu outras sete depois de ter disparado contra dezenas que se encontravam nas compras no centro comercial Premium Outlets em Allen, uma cidade próxima de Dallas, Texas. Foi utilizada uma arma AR-15, uma das mais populares nos Estados Unidos e que tem sido usada para perpetrar diversos massacres.

De acordo com o jornal, o agressor tinha mais armas, vestia um colete à prova de bala e carregava numerosas munições. Na cena de crime foram encontrados mais de 100 cartuchos disparados.

O autor do ataque foi abatido por um polícia local que estava no Allen Premium Outlets quando ouviu os disparos.

ALU // MLS

Lusa/Fim

(Visited 15 times, 1 visits today)

You might be interested in