Washington sublinha importância de Europa “inteira, livre e pacífica”

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sublinhou hoje a importância de manter uma Europa “inteira, livre e pacífica”, antes do início das negociações da Albânia e da Macedónia do Norte com a União Europeia (UE).

Num comunicado, Biden elogiou “os passos importantes que a UE está a adotar, para avançar na integração dos Balcãs Ocidentais na comunidade euro-atlântica”, com a abertura desse diálogo de adesão, num momento em que a Rússia “provoca danos na paz na Europa”.

O Presidente norte-americano defendeu que os Balcãs Ocidentais “democráticos, seguros e prósperos” são essenciais para a aspiração de uma Europa livre e pacífica.

“Os Estados Unidos continuarão a ser um parceiro forte e confiável, enquanto estas nações trabalham para defender os direitos humanos, reforçar as reformas democráticas e defender a aplicação da lei”, disse Biden.

O líder dos EUA acrescentou que as medidas tomadas pela UE, Albânia e Macedónia do Norte nos últimos dias “devem inspirar” todos os candidatos a ingressar na UE, com vista a aumentar o seu compromisso com o fortalecimento das suas democracias.

A Albânia e a Macedónia do Norte iniciaram hoje as negociações de adesão com a UE, após o compromisso alcançado, no fim de semana, por macedónios e búlgaros, para resolver a disputa de identidade que impediu o início do processo de adesão.

Dezassete anos depois de a Macedónia do Norte ter adquirido o estatuto de país candidato e seis desde que a Albânia o obteve, hoje foi dado o tiro de partida para as negociações de adesão, nas quais Bruxelas vai acompanhar o cumprimento dos valores e regras comunitárias, condições essenciais para entrar na UE.

As negociações de adesão incluem 35 capítulos que os países candidatos têm de cumprir para respeitar os valores e princípios da UE em questões fundamentais como o Estado de Direito ou a luta contra a corrupção.

RJP // APN

Lusa/Fim

(Visited 29 times, 1 visits today)

You might be interested in