Ucrânia: Biden avisa Putin que haverá consequências de usar armas químicas ou nucleares

O presidente dos Estado Unidos avisou Vladimir Putin que haverá consequências se a Rússia usar armas nucleares ou químicas na Ucrânia e pediu ao homólogo russo para não o fazer, segundo a agência Efe.

“Não, não, não o faça. Irá mudar a face da guerra como nunca antes desde a Segunda Guerra Mundial”, disse Joe Biden, numa entrevista ao programa “60 Minutos” da CBS, citado pela Efe.

Num excerto do programa, descreve a Efe, o jornalista Scott Pelley perguntou ao presidente norte-americano sobre a eventual resposta dos EUA se o presidente da Rússia recorrer a armas nucleares ou químicas para mudar o curso do conflito na Ucrânia.

Joe Biden respondeu que haveria “consequências” e que os russos “se tornariam os maiores párias que o mundo já viu”.

“A resposta dependerá da extensão do que eles fizerem”, avisou o líder democrata dos EUA.

Desde o inicio da invasão da Ucrânia pela Rússia, a 24 de fevereiro, os Estados Unidos e aliados impuseram sanções ao setor financeiro russo, a Putin e a dezenas de funcionários, homens de negócios e oligarcas russos, e forneceram ajuda militar a Kiev.

Os Estados Unidos acreditam que a China e a Índia estão a aumentar a “pressão” sobre o Kremlin para acabar com a guerra, depois dos seus líderes, Xi Jinping e Narendra Modi, expressarem a Putin preocupação sobre as consequências do conflito.

A entrevista de Joe Biden à CBS será exibida na íntegra no domingo.

JCR// SF

Lusa/Fim

(Visited 12 times, 1 visits today)

You might be interested in