Trump confirma tarifas às importações da China no valor de 60 mil milhões de dólares

O Presidente norte-americano, Donald Trump, confirmou hoje a aplicação de tarifas sobre as importações chinesas num valor anual até 60 mil milhões de dólares (48,7 mil milhões de euros), assegurando, porém, que encara a China como um país “amigo”.

Esta bateria de tarifas visado as importações chinesas, que já tinha sido avançada algumas horas antes por altos funcionários da Casa Branca, pretende travar, segundo as palavras de Trump, a concorrência desleal por parte de Pequim e restringir o roubo de propriedade intelectual norte-americana.

O valor inicial avançado por fontes da administração norte-americana rondava os 50 mil milhões de dólares (cerca de 40 mil milhões de euros).

Apesar destas medidas, Donald Trump insistiu, durante numa intervenção feita a partir da Casa Branca, que a China é um país “amigo” e que tem “imenso respeito pelo presidente Xi Jinping”.

Também enfatizou a sua excelente relação pessoal com o seu homólogo chinês.

SCA // EL

Lusa/Fim

(Visited 21 times, 1 visits today)

You might be interested in