Pequenas empresas não essenciais preparam-se para reabrir em Newark

Devido à pandemia de Covid-19, centenas de empresas não essenciais em Newark, uma das cidades com maior número de casos no estado de New Jersey, tiveram de fechar portas. Passados quase dois meses, surge finalmente a luz ao fundo do túnel pela qual tantos empresários ansiaram.

O Mayor da cidade de Newark, Ras Baraka, deu aval à reabertura de pequenas e médias empresas não essenciais a partir do dia 1 de junho. Mas com várias condições.

A primeira passa por preencher um requerimento de seis páginas – que pode fazer o download aqui – onde responderão a uma série de perguntas sobre seus planos de equipamento de proteção individual, distanciamento social, teste de funcionários, higiene e outras medidas de segurança. Os critérios foram desenvolvidos pelo Newark Recovery and Reopening Strikeforce, uma equipa de empresas locais, governo, educação e funcionários de saúde pública liderando a estratégia de reabertura da cidade.

As autoridades de tributação, saúde e desenvolvimento económico analisarão o pedido de aprovação de conformidade dentro de 72 horas, sendo que um representante da cidade irá organizar uma inspeção dentro de mais 24 horas. As empresas aprovadas recebem uma permissão com um código de cores para exibir nas janelas, indicando o nível de risco de seus estabelecimentos (verde para seguro, amarelo para seguro com alguns riscos e vermelho para inseguro).

No Ironbound, conhecido em todo o mundo pelos seus restaurantes, os empresários e o Ironbound Business Improvement District (IBID) também estão a mostrar apoio às medidas adicionais da cidade.

O mayor Baraka disse ainda que a cidade está a pensar encerrar certas ruas ao tráfego para que restaurantes em áreas como o Ironbound possam abrir mais lugares ao ar livre nos meses mais quentes.

(Visited 143 times, 1 visits today)

You might be interested in