Homem mata jovem que entrou por engano na sua propriedade em Nova Iorque

Um homem está a ser acusado de homicídio depois ter alvejado uma jovem que seguia num carro que passou, por engano, à entrada da sua casa, noticia a Sky News.

O Notícias ao Minuto conta que Kaylin Gillis foi alvejada no pescoço, em abril do ano passado, quando se dirigia a uma festa na companhia de amigos e estes estacionaram no local errado.

O condutor do carro entrou na propriedade do homem, mas dando-se conta do seu erro tentou afastar-se do local.

Foi quando já estava a sair, que o homem irrompeu e começou a disparar.

O segundo disparo atingiu Kaylin que seguia no banco de passageiros do carro que estava a ser guiado pelo seu namorado.

Em sua defesa, o homem alegou que achou que a sua casa estava prestes a ser assaltada e que fez um primeiro disparo para assustar os alegados assaltantes. O segundo disparo foi acidental, alegou, referindo que premiu o gatilho depois de ter tropeçado.

Monahan, de 66 anos, foi acusado, esta terça-feira, de homicídio em segundo grau,  perigo imprudente e de adulteração de provas físicas.

(Visited 11 times, 1 visits today)

You might be interested in