Ex-governador republicano Chris Christie lança candidatura à presidência dos EUA

O ex-governador de New Jersey Chris Christie lançou hoje formalmente a sua candidatura à indicação republicana para as presidenciais de 2024, onde vai defrontar o ex-presidente Donald Trump, contra quem perdeu em 2016.

Após ter apresentado formalmente a documentação para a sua candidatura, Chris Christie realiza hoje à noite um evento em New Hampshire, noticiou a agência Associated Press (AP).

Christie apresentou-se como o único candidato no campo republicano disposto a enfrentar diretamente o ex-presidente Donald Trump.

Esta será a segunda campanha do ex-governador e procurador federal, que perdeu para Trump em 2016 e que se tornou um assessor próximo, antes de romper com o magnata republicano pela recusa deste em aceitar os resultados das eleições de 2020.

Chris Christie é mais um peão no tabuleiro da indicação republicana, seguindo-se a Trump, o governador da Florida, Ron DeSantis, a ex-embaixadora das Nações Unidas, Nikki Haley, e o senador norte-americano Tim Scott, da Carolina do Sul.

O ex-vice-presidente Mike Pence lançará formalmente a sua própria campanha em Iowa na quarta-feira.

As sondagens colocam Trump na liderança das preferências republicanas (53 por cento), seguido de DeSantis (26%) e Pence (06%).

Christie, que durante o seu mandato como governador de Nova Jersey estabeleceu uma reputação de lutador com talento para criar momentos virais de confronto, enfrenta uma batalha difícil pela indicação num partido que permanece alinhado com o ex-presidente, apesar da derrota de Trump na reeleição em 2020 e os resultados aquém do esperado dos republicanos nas intercalares de 2022.

O ex-governador de Nova Jersey mostrou-se como a única pessoa com coragem para enfrentar Trump diretamente e alertou sobre uma repetição de 2016 caso os candidatos não consigam enfrentá-lo.

“Eu não sou burro. A forma de vencer é derrotar a pessoa que vai à frente”, destacou recentemente durante uma entrevista.

Os republicanos anti-Trump estão particularmente ansiosos para ver Christie a lutar contra o ex-presidente num debate, isto, claro, se Trump concordar em participar nos debates das primárias e Christie corresponder aos rigorosos critérios de arrecadação de fundos estabelecidos pelo Comité Nacional Republicano para a participação.

Mas Christie também alertou que nunca concorreria como candidato ‘kamikaze’ para derrubar Trump caso não acreditasse que existe um caminho viável para a sua própria vitória.

A sua campanha testará o apetite dos eleitores republicanos por alguém que expressou apoio a muitas das políticas de Trump, mas criticou a conduta do ex-presidente.

Christie rejeitou as alegações falsas de Trump de que a eleição de 2020 foi roubada e instou o partido a seguir em frente ou arriscar perdas futuras.

DMC // RBF

Lusa/Fim

(Visited 37 times, 1 visits today)

You might be interested in