Atriz Jodie Foster recebe prémio de carreira no Festival de Cannes

A atriz norte-americana Jodie Foster vai receber um prémio de carreira no Festival de Cinema de Cannes, a decorrer em julho em França, foi hoje anunciado.

A atriz e realizadora, que estará presente na abertura da 74.ª edição, é distinguida com a Palma de Ouro pelo “brilhante percurso artístico, por uma personalidade rara e pelo discreto, mas firme, envolvimento com alguns dos grandes temas do nosso tempo”, justificou a direção do festival.

Jodie Foster, atualmente com 58 anos, estreou-se como atriz ainda na infância. A primeira vez que esteve em Cannes foi aos 14 anos, por conta do filme “Taxi Driver” (1976), de Martin Scorsese, um dos mais impactantes da carreira e que levou o prémio máximo do festival.

No entender de Cannes, Jodie Foster, duas vezes premiada nos Óscares, produtora e realizadora de quatro longas-metragens, é uma das personalidades cuja carreira faz a ponte entre a indústria cinematográfica de Hollywood e o cinema de autor.

Jodie Foster receberá o mesmo galardão de carreira já atribuído anteriormente a nomes como Jeanne Moreau, Bernardo Bertolucci, Jane Fonda, Agnès Varda e Manoel de Oliveira.

O 74.º Festival Internacional de Cinema de Cannes decorrerá de 06 a 17 de julho – adiado para o verão por causa da covid-19 -, e a programação será anunciada na quinta-feira, embora já tenha sido divulgada a seleção de alguns filmes, nomeadamente “The French Dispatch”, de Wes Anderson, “Benedetta”, de Paul Verhoeven, e “Anette”,de Leos Carax, que abrirá o festival.

O júri será presidido pelo realizador norte-americano Spike Lee.

Dos programas paralelos, sabe-se que o realizador norte-americano Frederick Wiseman, 91 anos, receberá o prémio de carreira da Quinzena de Realizadores.

Em maio, em entrevista à revista Variety, o diretor do festival, Thierry Frémaux, revelou que seriam feitos ajustes ao modelo do festival, tendo em conta o cenário de pandemia, nomeadamente com mais sessões ao ar livre.

Por ser um evento para mais de mil pessoas, o acesso ao festival será permitido apenas a quem esteja vacinado, ou apresente um teste negativo à covid-19 ou tenha imunidade comprovada, explicou.

Frémaux sublinhou ainda que os filmes a integrar a competição oficial terão de ser estreados em sala em França. “A nossa regra é que a Palma de Ouro e os filmes da competição sejam descobertos por todos os públicos”, disse.

SS // TDI

Lusa/fim

(Visited 7 times, 1 visits today)

You might be interested in